By

Frete Grátis: vale a pena oferecer na sua loja virtual de joias ou bijuterias?

Você sempre viu vários players do mercado joalheiro oferecendo frete grátis em suas lojas virtuais mas não tem certeza se essa é a melhor maneira de atrair mais clientes para o seu e-commerce de joias ou bijuterias?

Fique aqui comigo até o final desse post e descubra se vale a pena ou não oferecer frete grátis na sua loja on-line de joias ou bijuterias.

Não existe almoço grátis

Saiba que no final sempre alguém paga a conta: você ou o cliente.

Seja você incluindo as despesas com o frete dentro do orçamento para marketing ou seja o cliente pagando a mais no preço final da joia ou bijuteria comprada.

Vantagens e Desvantagens em Oferecer Frete Grátis

Muitos lojistas veem o frete grátis como a salvação da lavoura para aumentarem suas vendas, mas o que poucos se atentam é que é preciso muito mais do que uma regra de três simples para saber se realmente é vantajoso para a sustentabilidade do negócio essa prática. É preciso colocar na ponta do lápis os custos do seu negócio e se a diminuição da margem de lucro com essa estratégia irão causar um rombo ao seu caixa. É fundamental fazer um planejamento financeiro detalhado antes de ofertar para os seus clientes para se evitar prejuízos.

É importante também que você saiba que, na maioria dos casos, oferecer entregas gratuitas implica em abrir mão de uma parte da margem de lucro do seu e-commerce. Por isso, é primordial saber se o seu negócio de joias ou bijuterias consegue sobreviver sem esse percentual.

Por outro lado, segundo a comScore, ferramenta de análise do mercado digital,  em 58% dos casos, os internautas abandonam o carrinho após notar que o frete tornou o custo total da compra maior do que se esperava pagar. Esse é um fator importante que deve ser levado em consideração.

Para definir a melhor política de frete e evitar perdas em sua loja virtual, é importante avaliar e definir quais os momentos indicados para aplicar campanhas de isenção da taxa de frete e quando – e se – elas realmente farão a diferença para a decisão de compra do consumidor.

Alguns fatores devem ser levados em consideração na hora de definir o frete grátis da sua loja on-line:

  • análise do volume de vendas
  • ticket médio da loja
  •  juros negociados

Na ponta do lápis

Para calcular as taxas do frete, a sua loja virtual precisa fazer uma divisão por tipo de serviço: Expreso ou Normal, separar faixas de peso, região e acrescentar o adicional por peso excedido. Além disso, verificar os grupos de tarifa: se a transportadora atende diretamente ou por redespacho, checar as taxas de seguro, de gerenciamento de riscos (GRIS), o limite para valor declarado, as regras e taxas de reentrega, as taxas para devolução e de coleta, o fator de cubagem e os impostos. É trabalhoso, pois são vários os detalhes para uma precificação adequada, mas o resultado final vale a pena.

“Moça bonita não paga, mas também não leva.”

“É preciso colocar frete grátis em toda minha loja virtual?” NÃO!

Você pode escolher os acessórios que têm a margem de lucro maior e aplicar o frete grátis somente neles ou mesmo você pode verificar quais as regiões que mais compraram as suas joias ou bijus nos últimos três meses, analisar quais produtos foram vendidos para essa região e a margem de lucro deles, tirar uma média de tarifa de envio e aplicar o transporte gratuito a partir de um valor médio de compra.

Outra solução é você oferecer frete grátis na opção de envio com prazo de entrega mais longo, como o PAC, por exemplo, e deixar o preço normal de frete para envio com prazo mais curto, como o Sedex.

Alternativas

Existem alternativas que podem baratear o custo do seu frete ou mesmo com custo zero e você não precisará ficar preso às tarifas dos Correios. Confira no vídeo abaixo:

Outra estratégia que pode ajudar a reduzir os custos com as taxas de fretes é fazer a terceirização do serviço com logísticas especializadas no fulfillment (conjunto de operações e atividades desde o recebimento do pedido até o momento da entrega do produto ao cliente final, visando sempre o maior índice de satisfação possível.) e distribuição, que podem auxiliar no planejamento e gestão do seu e-commerce ou mesmo, se você já vende de 5 a 10 peças por dia, pode entrar em contato com uma empresa franqueada dos Correios e assinar um contrato com ela. Isso vai proporcionar tarifas mais em conta para a sua loja virtual. Se está começando agora e ainda não fez nenhuma venda on-line, pesquise por marketplaces (é uma espécie de shopping center virtual, onde várias marcas se concentram em uma única plataforma de e-commerce) e veja qual deles oferece boas condições de frete para a sua loja.

E você? Usa o frete grátis para alavancar suas vendas pela internet? CONTA para mim aqui nos comentários.

LuLopes  – Publicitária de formação, estrategista de marketing digital por pura paixão.
Co-fundadora da marca Bastet Joias que tem por objetivo ajudar profissionais e empresas do setor de joias e bijuterias a brilharem no mercado, aumentando suas vendas e construindo sua autoridade por meio da internet.

 

 

Se gostou desse assunto, leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *